Pesquisas Eleitorais 2012 – como o resultado das pesquisas influencia o voto do eleitor

este programa, o Observatório da Imprensa quer analisar o comportamento da mídia diante das pesquisas eleitorais.

O resultado do primeiro turno da eleição deixou evidente os erros dos principais institutos de opinião que, um dia depois, admitiram o problema.

Em várias cidades como Recife, Curitiba, Salvador e Manaus os vitoriosos nas urnas não corresponderam às pesquisas realizadas pelos institutos. No domingo da eleição, os jornais de São Paulo publicaram um empate triplo entre os três candidatos mais votados de acordo com o Datafolha e o Ibope. Porém, isto não ocorreu. Na verdade, Celso Russomano caiu quase 6 pontos percentuais e Haddad subiu quase 4. Em Florianópolis, o Ibope deixou de captar uma queda de popularidade do candidato do PSD. Bocas de urnas divergentes também ocorreram em Porto Alegre, Goiânia, Fortaleza e Rio de Janeiro.

Em todas as eleições a imprensa dá destaque aos números das pesquisas e trata o resultado como ciência exata. A certeza da vitória dos candidatos acaba influenciando o eleitor. E, quando o resultado não corresponde à realidade, a margem de erro é a culpada.

Anúncios

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.