Pesquisa eleitoral no Brasil é coisa séria?

Fonte:  http://www.notaderodape.com.br/2012/11/pesquisa-eleitoral-no-brasil-e-coisa.html

por Moriti Neto*

Com o fim das eleições municipais, imprensa e eleitores tendem a um relaxamento do assunto, mas este Nota de Rodapé resolveu retomar o tema, dessa vez, tratando de uma nuance importante pouco conhecida do público, as pesquisas eleitorais. Afinal, elas são ou não são confiáveis? Existe manipulação? Como se faz pesquisa no Brasil?

Para analisar essas situações e o mercado dos institutos de pesquisas eleitorais, entrevistamos um dos maiores estudiosos e práticos do assunto, Pergentino Mendes de Almeida, professor convidado na pós-graduação da Fundação Escola de Sociologia e Política de São Paulo, conselheiro da Associação das Empresas de Pesquisas de Mercado, Opinião e Mídia (Abep) e vice-presidente da Associação Brasileira dos Pesquisadores de Mercado, Opinião e Mídia. Ele é precursor das discussões em grupo no Brasil e foi pioneiro no uso de análises multivariadas nas pesquisas comerciais.

Há 55 anos militando na área de comunicação e pesquisas, Pergentino segue atuante. Trabalha na LPM – Levantamentos e Pesquisa de Marketing, empresa que fundou em 1969, ao lado da esposa Dilma Mendes de Almeida. Na entrevista, Pergentino fala dos problemas da rapidez na realização de pesquisas para atender demandas, dos erros de interpretação de pesquisadores e jornalistas, da visão distorcida das margens de erro e aconselha menos importância às pesquisas e marqueteiros.

Leia a entrevista completa

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.