Percepção dos problemas globais difere entre países emergentes e desenvolvidos

Países ricos temem a situação econômica global, enquanto lista de emergentes – encabeçada pelo Brasil – tem como principal preocupação os problemas sociais, aponta IBOPE e WIN – Worldwide Independent Network of Market Research
​Problemas sociais figuram como as maiores preocupações para as nações pobres e emergentes.

​Pesquisa feita pelo IBOPE Inteligência em parceria com a Worldwide Independent Network of Market Research (WIN) avaliou a percepção da população global quanto ao principal problema que o mundo enfrenta atualmente.

Com mais de 57 mil entrevistas em 56 países, o estudo aponta uma clara diferença de opinião entre os países desenvolvidos e aqueles em desenvolvimento.

Nos países ricos, a percepção é de que a condição econômica global é a maior preocupação. Já para as nações pobres e emergentes, os problemas sociais figuram como as maiores preocupações.

O Brasil é o país no mundo onde as preocupações sociais pesam mais: 54% das respostas são relativas a estas questões.

Top 10 nações onde as preocupações sociais superam as econômicas
Brasil
54%
Malásia
43%
Filipinas
35%
Afeganistão
32%
Rússia
29%
Iraque
27%
Turquia
31%
Azerbajão
33%
Arábia Saudita
26%
Tunísia
15%

 

 

Drogas preocupam brasileiros
No Brasil, a ideia de que as drogas/tráfico sejam o principal problema do país é apontada por 31% dos entrevistados. Em segundo lugar, com 18%, está a preocupação com o crime/violência. Abaixo a lista das preocupações brasileiras comparadas com as respostas da média global:

 

Medo da economia

Dentre as nações onde as preocupações econômicas superam as sociais, os 10 países mais preocupados são encabeçados pela Espanha, onde 63% das respostas são relativas a questões econômicas. Observa-se ainda que o único país não europeu desta lista é os EUA.

Top 10 nações onde as preocupações econômicas superam as sociais
Espanha
63%
República Checa
45%
Itália
45%
Estados Unidos
45%
Portugal
44%
França
36%
Irlanda
35%
Romênia
34%
Bósnia e Herzegovina
33%
Polônia
28%

 

 

 

COMENTÁRIOS
ATENÇÃO: Os comentários publicados nesta seção são de responsabilidade integral de seus autores e não representam a opinião do IBOPE. Lembramos que não são permitidas mensagens com propagandas ou conteúdos ofensivos e desrespeitosos.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.