Pela primeira vez, Brasil tem menos de 1% de domicílios na classe E

Em uma década, 10 milhões de pessoas saíram da pobreza extrema, mostram dois diferentes estudos

Márcia De Chiara, de O Estado de S. Paulo

Pela primeira vez a classe E, a base da pirâmide social, representa menos de 1% dos 49 milhões de domicílios existentes no País. Isso significa que o número de brasileiros em situação de pobreza extrema teve uma drástica redução nos últimos dez anos, conforme apontam duas pesquisas de consultorias que usaram metodologias distintas.

VEJA TAMBÉM

Anúncios

Deixe uma resposta