Nasa dá nome a pedra em Marte em homenagem aos Rolling Stones

Por décadas, a música da banda de rock britânica Rolling Stones teve um alcance global aqui na Terra. Agora, a influência do grupo é interplanetária: ele é reconhecido até em Marte. Isso graças à Agência Espacial dos Estados Unidos (Nasa) que nomeou uma pedra marciana em homenagem à banda.

Os Rolling Stones, composto por Mick Jagger, Keith Richards, Charlie Watts e Ronnie Wood, ficaram honrados com a notícia. “Que maneira maravilhosa de celebrar a turnê ‘Stones No Filter’. Este é definitivamente um marco em nossa história longa e repleta de acontecimentos. Um enorme obrigado a todos da Nasa por fazer isso acontecer”, agradeceram.

A homenagem foi revelada por ninguém menos que o ator Robert Downey Jr., o eterno Homem de Ferro dos filmes da Marvel, nesta quinta-feira (22) antes da banda subir ao palco no estádio Rose Bowl de Pasadena. O nome do grupo foi escolhido pela equipe que desenvolve e executa a missão espacial da sonda InSight da Nasa em Marte.

Quando subiu ao palco, o vocalista Mick Jagger agradeceu à agência por apelidar a pedra marciana com o nome da banda. “A Nasa nos deu algo que nós sempre sonhamos, nossa própria pedra em Marte. Eu não acredito”, declarou o ícone da música.

Um pouco maior que uma bola de golfe, a rocha “Rolling Stones” é especial para a Nasa porque, quando a sonda InSight pousou no Planeta Vermelho no dia 26 de novembro de 2018, ela foi a única a rolar além, cerca de um metro, em solo marciano. A pedra foi impulsionada pelos propulsores da InSight quando a espaçonave aterrissou no Planeta Vermelho. Segundo a Nasa, é a maior distância que uma rocha já se moveu na superfície de Marte.

No entanto, nomes científicos oficiais para lugares e objetos em todo o sistema solar – incluindo asteroides, cometas e localizações em planetas – só podem ser definidos pela União Astronômica Internacional. Por isso, o “Rolling Stones” da rocha é apenas um apelido e não um nome oficial.

Mas, é comum os cientistas da Nasa criarem apelidos não oficiais para pedras ou regiões espaciais para facilitar o estudo e discussão sobre objetos diferentes e se referir a eles em documentos científicos. Então, embora o nome “Rolling Stones Rock” seja informal, ele deve aparecer nos mapas ativos do Planeta Vermelho.

A missão da InSight é liderada pelo Laboratório de Propulsão a Jato da Nasa. Os testes e pesquisas em Marte servem para ajudar a agência espacial na preparação para a eventual exploração humana do território marciano. Outro passo da organização é levar astronautas à Lua mais uma vez até 2024, missão do programa Artemis, que poderá contar com parcerias de empresas espaciais privadas para cumprir seu objetivo dentro do prazo.

Fonte: Olhar Digital

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.