Mundo da Pesquisa faz 10 anos!

Em novembro de 2022, o Mundo da Pesquisa completou 10 anos e hoje gostaria de agradecer a todos que acompanharam e fizeram parte desta “leitura”.

que passou

A história é uma importante ferramenta para que sociedades, grupos sociais, organização e mesmo os indivíduos reflitam sobre seu passado e presente, entendam os caminhos e condicionantes desenvolvidos até o momento e a forma como estes fatos interferem nas opções para o futuro.

Sem a compreensão da história, perde-se uma referência importante sobre “de onde viemos” para avaliar as alternativas “para onde vamos”.

A história da pesquisa tem início lá em 1890, com a criação das tabulações e uso e leitura dos cartões perfurados que revolucionaram o processo de censo nos EUA, por Herman Hollerith.

A pesquisa é uma disciplina em que é importante fazer muitas perguntas, por mais básicas que nos pareçam.

A ESOMAR define como:

“a coleta sistemática, registro, tratamento, análise e apresentação objetiva de dados sobre comportamento, necessidades, atitudes e opiniões, motivações etc. de indivíduos ou organizações”

Um dos objetivos da pesquisa de mercado é fornecer dados para validar ideias e hipóteses. No Brasil a pesquisa começa na década de 1940, com a criação da primeira empresa de pesquisa, o IBOPE – Instituto Brasileiro de Opinião Pública e Estatística.

Desde o início da década de 1930 o rádio já se afirmou como o mais importante veículo de comunicação e de publicidade no Brasil. O rádio, interferiu na história da pesquisa de mercado no Brasil. No início da década de 1940, Auricélio Penteado sócio da rádio Kosmos de São Paulo, buscava conhecer melhor os ouvintes e mensurar a audiência de sua rádio. Para tanto, esteve nos EUA em contato com George Gallup, trazendo na bagagem algumas técnicas de pesquisa e com isso descobriu que a rádio Kosmos estava em último lugar na audiência.

algumas datas importantes:

1890 – 1910

  • criação do cartão perfurado revolucionava censo nos EUA
  • revista Literary Digest conduz pesquisa nacional, prevendo eleição do presidente Woodrow Wilson

1920 – 1940

  • desenvolvido sistema que mede a eficácia de anúncios
  • Charles C Parlim cria a primeira empresa de pesquisa comercial, a National Analysts. Conhecido por ser o pioneiro com o termo: ”pesquisa comercial”, que mais tarde será conhecido como “pesquisa de mercado”

1930

  • a escala Likert é inventada por Rensis Likert
  • Mass Observation do Reino Unido recruta cidadãos para coletar dados etnográficos
  • Literary Digest erra pela primeira vez os resultados das eleições, com 2 milhões de respostas
  • a empresa de pesquisa George Gallup, prevê com precisão a vitória de Roosevelt com uma amostra de 50 mil respostas, estabelecendo assim a amostragem

1940

  • início do sistema de medição de audiência de rádio
  • Merton e Lazsarfeld inventam o grupo focal
  • Em 1947 são formadas as associações AAPOR, WAPOR e em 1948 a ESOMAR

1950 – 1970

  • gravadores são conectados as TVs nos EUA, desenvolvendo métodos eletrônicos de coleta de dados
  • ARPANET agência financiada pelo governo dos EUA, é a precursora da internet e envia sua primeira mensagem
  • grupos focais começam a se mudar para instalações especializadas e com gravação de áudio

1980 – 2000

  • pesquisa de satisfação do cliente torna-se reconhecida
  • o PC é lançado pela IBM, desenvolvendo as entrevistas pessoais por computador, CAPI
  • os tempos de resposta melhora, devido aos avanços nos processos e tecnologias, especialmente o CATI
  • começa utilizar softwares de análises como SAS e SPSS
  • pesquisas online surgem como painéis e os grupos focais online
  • CATI e pesquisas online, tornam-se mais comuns, reduzindo tempo e custo

A partir dos anos 2000, as pesquisas online crescem exponencialmente, negócios inovadores surgem: como as comunidades online, envolvimento do cliente e tomada de decisão centrados nos clientes. As pesquisas mobile e o big data se tornam também um termo comum.

Hoje a tecnologia combina facilmente transações comportamentais, etnográficas, sociais e outros dados que permitem uma visão 360 do cliente. Os insights são gerados na velocidade dos negócios!

A integração do ecossistema com Big Data e sistemas de gestão transformam a informação em conhecimento e conhecimento em ação.

2012

  • surge o Mundo da Pesquisa!
  • Foram alguns momentos importantes até nascer o MP; primeiro um trabalho na faculdade com a ideia de criar um site/ blog, segundo que trabalhava na Nielsen e adorava acompanhar a movimentação das marcas e terceiro inspirado no Mundo do Marketing e Blue Bus, acompanhava quase que diariamente, queria um lugar onde pudesse encontrar informações e notícias sobre o Mundo da Pesquisa de Mercado, Opinião e Mídia. Em seguida, também fiz uma especialização em pesquisa na FESPSP. E por fim, minha atuação e participação na ASBPM e ABEP.

neste tempo

A evolução através da inovação aconteceu muito rápido. Houve um salto quando passamos a ter a internet disponível nas casas, criando uma explosão de dados.

A indústria de dados em massa em 2022 deve chegar a US$ 70 bilhões. No entanto, de acordo com a Forrester, entre 60% e 73% dos dados disponíveis não são aproveitados como deveriam.

O número de usuários no mundo está se aproximando da marca de 5 bilhões de pessoas, o que representa quase 63% da população mundial (Digital 2022: Global Overview Report – Data Reportal).

A pandemia também acelerou o número de acessos, crescimento de 4% em 2021, trazendo cerca de 192 milhões de pessoas a internet.

Um outro dado interessante é que o estudo aponta que o usuário típico de internet gasta cerca de 40% de seu tempo conectado diariamente, ou seja, quase 7 horas!

E o Brasil é um dos países em que as pessoas passam mais tempo, incríveis 10 horas e 19 minutos em 3º lugar no ranking; 2º Filipinas com 10,27 horas e 1º África do Sul com 10,56h.

que se segue ao presente

Segundo Neil Patel,

“pesquisa de mercado é um instrumento utilizado para estudar o público e a área de atuação de uma empresa, mapeando concorrentes e identificando oportunidades que vão dar suporte as suas estratégias. Os insights obtidos no estudo servem de embasamento á tomada de decisão, que se destina a objetivos diversos”

Acredito que o grande desafio futuro é a necessidade de adaptar-se constantemente as mudanças tecnológicas. Novas soluções, plataformas, canais e integrações surgindo.

Algumas tendências que com certeza vão movimentar o mercado e trazer novas formas de obter insights:

  • adaptação a uma sociedade multidimensional e individual
  • acelerando a democratização da pesquisa
  • compreender um consumidor multifacetado

Leia mais aqui:

E 5 tendências que indicam o futuro da pesquisa de mercado:

  • as marcas devem estar, onde o consumidor estiver
  • decisões ágeis e inovadoras pedem insights instantâneos
  • menos é mais: a busca pela resposta que pode mudar tudo
  • dashboards que promovem interação e inovação
  • o lado humano dos dados é o que (mais) conta

Leia mais aqui:

10 anos que na verdade são 11

Considero 2011 como um piloto, pois só a partir de 2012 que engatei a marcha e quase que diariamente publiquei “tudo” sobre o Mundo da Pesquisa.

Destaco abaixo alguns dos posts mais lidos do ano:

2012

A influência das cores continua sendo muito importante no processo de compra. Será que mudou de 2012 para 2022?

2013

Está na hora de atualizar o Critério Brasil… eita!

2014

Recebia algumas solicitações para publicar e divulgar diversos materiais e criei esse espaço “Publique aqui”

2015

MTV que saudade… lança app de relacionamento!  

2016

Publicado no final de 2015, foi o post mais lido de 2016!

2017

As marcas mais valiosas de 2017

2018

Uma pesquisa sobre preconceitos

2019

O futuro já chegou?? Alguém com essas profissões, comenta aí…

2020

Uma poesia

2021

Consumo de mídia – Geração X

2022

Hábitos de consumo de streaming

Um comentário sobre “Mundo da Pesquisa faz 10 anos!

  1. Parabéns pela dedicação, comprometimento e competência. Que venham mais 10, 20, 30 anos… Logo tomaremos um café, em comemoração! Abraços, sdds.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.