Globope e Datafalha?

Fonte:

http://correiodobrasil.com.br/cpi-do-ibope-e-datafolha-sera-criada/539463/#.UJbAmW_AcuA

Por Altamiro Borges
O deputado André Figueiredo (CE), líder do PDT na Câmara Federal, protocolou ontem pedido de criação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito para investigar os institutos de pesquisas de opinião. Segundo informou, o requerimento reuniu 225 assinaturas, 54 a mais do que o necessário para instalação da CPI. O objetivo da iniciativa é apurar as razões de tantos erros cometidos pelos institutos nas sondagens dos votos para as eleições de outubro. Falha técnica ou manipulação eleitoral?

Para o pededista, as pesquisas causam enormes dificuldades para as campanhas, interferem no voto dos eleitores e há indícios de que muitas delas são compradas. “Tem chegado ao nosso conhecimento de quem pagar mais leva a pesquisa favorável ao seu candidato. É isso que queremos averiguar”. Como grave exemplo, ele cita o caso de Curitiba (PR). Nas sondagens do primeiro turno, o candidato do PDT, Gustavo Fruet, apareceu sempre num distante terceiro lugar. Ao final, ele venceu as eleições para a prefeitura.

Globope e Datafalha

O pedido de instalação da CPI é plenamente justificável. Afinal, os institutos de pesquisa não são confiáveis e representam poderosos interesses. O Movimento dos Sem Mídia (MSM), liderado pelo blogueiro Eduardo Guimarães, já apresentou várias representações na Procuradoria Geral Eleitoral (PGE) contra eles. Como sempre ironiza o jornalista Paulo Henrique Amorim, o Ibope deveria se chamar Globope em decorrência das suas ligações com a TV Globo; já o Datafolha poderia ser batizado de Datafalha devido aos seus “erros” constantes.

Os institutos de pesquisa têm interesses políticos e econômicos. Eles não são neutros. O Datafolha pertence ao Grupo Folha, o mesmo que edita a Folha tucana e que nunca escondeu as suas preferências partidárias. Tanto que alguns também o chamam de DataSerra. Já o Ibope serve de referência para o cálculo de audiência da televisão brasileira, sendo usado para atrair os bilionários anúncios publicitários. No final de outubro, a TV Record inclusive ganhou ação na Justiça contra o instituto, mas a mídia não deu destaque à condenação.

Segundo Keila Jimenez, colunista da Folha, a sentença foi dada pelo juiz César Augusto Vieira Macedo, da 32ª Vara Cível de São Paulo, e “condena o Ibope a ressarcir a Rede Record no valor de R$ 326 mil por uma falha técnica no serviço de medição de audiência em tempo real em junho deste ano. É a primeira vez que o instituto que afere audiência no país é condenado a indenizar um cliente. Cabe recurso”. Este fato poderia até ser incluído no requerimento apresentado pelo líder do PDT solicitando a instalação da CPI.

Um comentário sobre “Globope e Datafalha?

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.