Consumo de Mídia das Gerações | IBN Brasil

Uma vez que a quarentena causada pela pandemia de coronavírus ainda está acontecendo em todo o mundo, os hábitos da população se modificaram. Grupos de pessoas que iam recorrentemente a eventos, agora passam os seus dias no sofá de casa. Durante esse período de isolamento social, não é uma surpresa que todos nós estamos consumindo cada vez mais diferentes tipos de mídia.
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
Nas imagens, você consegue ter uma ideia de como cada geração tem utilizado os mais diferentes veículos midiáticos como um resultado da quarentena.
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
▶️ GERAÇÃO Z (16-23 anos)
Mais da metade dessa geração está consumindo mais conteúdos online do que o período anterior ao COVID-19.
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
▶️ GERAÇÃO Y/Millenials (24-37 anos)
Essa geração tem começado a consumir mais conteúdo entre diferentes tipos de mídia, incluindo vídeos online, canais de TV ao vivo ou através do meio digital.
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
▶️ GERAÇÃO X (38-56 anos)
Aumentaram o consumo de TV mais que qualquer outra geração, apesar de também estarem consumindo conteúdo online.
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
▶️ BABY BOOMERS (57-64 anos)
Parecem ter mudado significativamente o seu consumo de mídia devido ao isolamento social, com o aumento no consumo de TV sendo o mais aparente.
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
🤔 O que podemos concluir?
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
O fato é que todas as gerações estão recorrendo à veículos midiáticos para se informar e se distrair durante o momento em que estamos vivendo. Portanto, mais do que nunca, essa é uma oportunidade para agências de comunicação engajarem e conquistarem um público fiel.

FONTE: Global Web Index

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.