Como os veículos podem competir no cenário digital durante palestra da APP

MÔNICA DE CARVALHO DEMONSTRA COMO OS VEÍCULOS PODEM COMPETIR NO CENÁRIO DIGITAL DURANTE PALESTRA DA APP

Diretora de negócios do Google também utilizou pesquisas para contextualizar investimento digital por conta da alta procura por conteúdo mobile

São Paulo, julho de 2014 – A Associação dos Profissionais de Propaganda realizou na última quarta-feira, 23, o Ciclo Contribuição Profissional, que desta vez contou com a diretora de negócios do Google, Mônica de Carvalho. Na sede da APP, ela apresentou a palestra “Negociando Valor” relacionando o tema com o início de sua carreira, quando era constantemente abordada por clientes que questionavam o preço do seu trabalho e não se atentavam ao valor do projeto proposto.

Para exemplificar as etapas que envolvem a negociação entre agências, veículos e clientes, ela mostrou uma fórmula que mantém durante seus projetos: o propósito aliado à narrativa (storytelling) e ao cuidado com o tempo, chegando a um trabalho rico em valor, independente do preço. “Evitar o vender por vender já é um começo. Por isso, é fundamental agregar valor, deixando claro a sua meta e alinhando com os objetivos qualitativos e quantitativos do cliente, do público que ele quer alcançar e assim montar uma estratégia como solução”, reforçou a executiva.

Mônica ainda destacou que durante pesquisas é necessário saber transformar os dados em conhecimento e insights no fim da venda, onde na verdade ela vê como o começo de uma nova negociação: “Neste procedimento é possível analisar atributos que precisam de reformulações e os que compensam manter, além de verificar quais variações da marca apontam os resultados que tanto precisam de acompanhamento para dar um retorno ao cliente”.

Nesta linha, ela disse que a tecnologia é vista como ameaça por alguns e como oportunidade por outros profissionais da área. “Atualmente o mundo digital está contextualizado em seis telas – desktop, mobile, tablet, TV, wearable e in-car”. Além disso, ela destacou o registro do Ibope Media que apontou mais de 105 milhões de brasileiros conectados em 2013, e a pesquisa do ComScore, que mostrou que no último ano houve o aumento de consumidores que utilizam o Google em mobile – enquanto em 2010 essa busca era feita por 10% no mundo e 1% no Brasil, em 2013 chegou a 30% no mundo e 15% no Brasil.

“A tecnologia encurta o caminho. Com aplicativos para localizar restaurantes, táxi, hospedagens, utilizar internet banking, vitrine virtual em supermercados, entre outros, as pessoas curtem estas marcas nas redes sociais não por estarem no digital, mas porque elas prestam serviços de forma diferente, agilizando o atendimento. Então, será que estamos fazendo isso com nossos clientes com uma proposta relevante e que conseguirá chamar a atenção do consumidor que tem um tempo escasso e que recebe grande volume de informação?”, dessa forma ela expôs o movimento no cenário digital, deixando uma questão para a reflexão do público, formada por profissionais da área e universitários.

A executiva também colocou a gestão de gente como um dos principais pontos, em que um time alinhado e o coaching são essenciais para que o cliente se sinta cuidado, sugerindo o que precisa melhorar: “Saber otimizar as ações de um meio tradicional como TV, por exemplo, para o digital é importante e falta evoluir neste quesito com inciativas criativas. Bons exemplos foram as marcas patrocinadoras da Copa do Mundo que se destacaram durante o campeonato, pois anos antes iniciaram as ações para obter sucesso”.

O Ciclo Contribuição Profissional também foi transmitido para todos os capítulos regionais da APP pela GTEC Digital. Confira aqui fotos do evento.

Sobre a APP

A APP foi fundada em 29 de setembro de 1937 como Associação Paulista de Propaganda, tendo o poeta e publicitário Orígenes Lessa como primeiro presidente. Em 1989 foi rebatizada como Associação dos Profissionais de Propaganda, insígnia que mantém até hoje. A entidade surgiu da necessidade da atividade publicitária ter uma voz que não se calasse diante de temas e desafios do negócio publicitário e do profissional que atua na indústria da comunicação. Congrega os profissionais dos mais variados segmentos da publicidade nacional, estejam eles entre anunciantes, nas agências, nos veículos ou nas empresas fornecedoras de serviços, todos participando ativamente do desenvolvimento socioeconômico e profissional do Brasil, especialmente no que diz respeito ao crescimento e contínua modernização das atividades produtivas, comerciais e de serviços. Em sua longa existência, a APP, hoje com mais de 20 Capítulos Regionais no país, vem ajudando a fazer da propaganda uma das atividades profissionais de maior expressividade em nosso país e oferecendo para toda a América Latina, preciosas colaborações técnicas, profissionalizantes e de desenvolvimento ético da profissão.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.