Comcast e Nielsen iniciam medição no iPad

Empresas formalizaram parceria para fazer classificações dos comerciais em tablets e outros dispositivos móveis

 

A Nielsen já dispõe de sistemas para medição de visualização online e on demand, mas ainda faltava um indicador C3 (taxa média de minutos gasta com comerciais durante a programação ao vivo mais três dias do que for assistido em Digital Video Recorder – DVR) para tablets. “É a peça que faltava para montar o quebra-cabeça”, afirma o vice-presidente digital sênior de plataformas emergentes da Comcast, Matthew Strauss. O objetivo final é agregar todas as medições numa só e convertê-la em moeda comum. A Comcast também começa a conversar com outras operadoras de cabo. “Queremos uma solução para a indústria”, afirma o executivo.

A criação de um sistema de medição para tablets e outros dispositivos móveis (como smartphones e consoles de games), sobre os quais há um crescente consumo de vídeos, tem sido um ponto de discórdia para o mercado publicitário. Strauss afirma que, se o teste for bem-sucedido, isso será fundamental para fazer dos tablets e smartphones uma plataforma viável para os anunciantes. A Comcast quer trabalhar com todas as plataformas, independentemente de quais forem, mas precisa de um sistema de medição eficaz para fazer isso.

A CW (joint venture entre CBS, Warner Bros. e Time Warner) tem oferecido nas últimas temporadas pacotes combinados de TV e digital e já trabalha para ampliar o sistema para incluir também os dispositivos móveis. No ano passado, a Fox lançou o que chamou de “Fluidez”, um esforço que permitirá aos anunciantes comprarem inventários em diferentes locais de mídia. A ABC seguiu o exemplo e ofereceu-se para vender inventários de anúncios em diversos tipos de visualização on demand, como o seu próprio player de vídeo digital.

Durante o Cable Show (que acontece entre esta segunda-feira, 21, e a próxima quarta-feira, 23), a Comcast mostra dois novos produtos: o lançamento da X1 e a plataforma Dayview. A x! é uma plataforma baseada em nuvem que combina todo o aprendizado da Comcast sobre internet e vídeo. O serviço inclui aplicativos personalizados feitos para a TV e também converte celulares e tablets em controles remotos. A Dayview é outra plataforma que ajuda os usuários a gerir suas vidas domésticas, suas informações e entretenimentos num só local. A tela inicial pode incluir informações personalizadas como tráfego, tempo, compromissos pessoais, vídeos on demand e DVR, da mesma forma que o serviço Xfinity, também da Comcast, gerenciai remotamente a segurança, a energia elétrica e a temperatura da casa. O reconhecimento de voz para o X1 está em fase beta e deve chegar até o final deste ano. Ambas – X1 e Dayview – estão preparadas para incorporar publicidade, segundo a Comcast.

(*) Por Jeanine Poggi, do Advertising Age.

 

http://www.meioemensagem.com.br/home/midia/noticias/2012/05/22/Comcast-e-Nielsen-iniciam-testes-de-medicao-no-iPad

Anúncios

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.