As dez profissões que mais engordam

Pesquisa mostra que profissionais são mais sensíveis à balança

Almoçar fora, comer em frente ao computador ou ainda pular refeições. Todas essas ações são feitas, diariamente, por profissionais que querem ganhar tempo e adiantar suas tarefas. No entanto o que, para eles, seria uma solução acaba trazendo um outro efeito colateral, os quilinhos a mais.

Um estudo feito, nos Estados Unidos, pela CareerBuilder apontou que a vida corrida no trabalho pode levar ao ganho de peso. Com isso, controlar a balança passa a ser um desafio a mais, de acordo com a profissão exercida.

Do total de profissionais entrevistados, 44% disseram que engordaram em seu emprego atual. Além da rotina sedentária, o estresse costuma ser outro vilão para quem está fora de forma.

De acordo com a pesquisa da CareerBuilder, as dez profissões que "mais engordaram" os entrevistados, na opinião deles, foram: agente de viagem; advogado e juiz; professor; policial e bombeiro; assistente social; artista, designer, arquitetos; assistente administrativo; médico; profissional de marketing e relações públicas; e profissional de Tecnologia da Informação.

Mais da metade, 54% dos entrevistados, disse que ganhou peso porque passa, praticamente, o dia inteiro sentado em sua mesa. Outro dado que chamou a atenção foi que 56% das pessoas afirmaram que não costumam sair nem mesmo para almoçar.

O estresse foi o motivo que levaram 37% dos entrevistados a comer mais, além de 23% afirmarem que costumam comer fora com frequência. Já pular as refeições representa 19% do ganho de peso dos trabalhadores, enquanto que 18% afirmam que festinhas do trabalho contribuem para os quilos a mais.

Apesar desses resultados, 56% dos entrevistados garantiram que fazem exercícios regularmente. Vinte e seis por cento dos participantes disseram que engordaram em torno de cinco quilos, enquanto 14% disseram ter ganhado até dez quilos no emprego. Por outro lado, 16% admitem que perderam peso.

Na opinião do consultor de carreira Anderson Rocha, independentemente da profissão que você exerça, é importante ter um cuidado especial com a sua saúde. Segundo ele, o corpo e a mente sempre agradecem qualquer atitude que você faça para cuidar bem deles.

"Algumas mudanças em nossos comportamentos diários podem fazer uma grande diferença quando subirmos na balança, na próxima vez, daqui alguns meses. São atitudes simples, mas indispensáveis para evitar armadilhas comuns, como tomar diversos cafezinhos durante o dia, os chocolates oferecidos pelos colegas no meio da tarde ou pular refeições para comer lanches gordurosos e rápidos. Muitas vezes são situações de que não temos consciência, mas que, ao final de um, dois ou três anos, podem lhe dar alguns quilinhos a mais de presente", observou.

Rocha orienta que os trabalhadores se movimentem sempre que possível, como ir ao banheiro mais longe da sua sala, ir até a mesa dos colegas, em vez de enviar um e-mail ou falar por telefone. Outra dica é usar as escadas quando for de um andar para o outro ou dar uma volta depois de comer.

"Procure não pular as refeições. Você sai de casa em jejum para não se atrasar? Acorde dez minutos mais cedo. Quem pula essa refeição detona o almoço, o raciocínio fica lento, e você rende menos. Beba água durante todo o dia, em vez de bebidas cafeinadas ou sucos. Isso ajuda a fazer você se sentir mais saciado e a reduzir mais rapidamente as calorias".

O ranking

Agente de viagem
O profissional que atua em agência, por exemplo, fica muito tempo sentado. Quem almoça na frente do computador tem 56% mais chance de engordar.

Advogado e juiz
A correria com os compromissos judiciais faz com que esses profissionais comam fora sempre. Quem almoça fora tem 23% mais chances de engordar.

Assistente Social
Esse profissional pode atuar em diversos ramos, como hospital ou conselho tutelar. Essa é outra carreira que contribui para que os profissionais tenham uma vida corrida.

Professor
É uma das profissões mais antigas e mais importantes do mundo. Porém eles estão cada vez mais desvalorizados, o que contribui
para o estresse.

Artista, designer e arquiteto
Na construção civil, os arquitetos estão cada vez mais presentes. Esse profissional tem a vida agitada por conta do aumento do volume de trabalho.

Auxiliar administrativo
Esse profissional apoia diversos setores dentro de uma empresa. Por conta de suas tarefas, ele passa a maior parte do tempo sentado.

Médico
A agenda cheia desse profissional provoca um comprometimento dos horário das refeições. Pular refeições representa 19% mais chance para engordar.

Policial e bombeiro
Essas estão entre as profissões mais estressantes. De acordo com a pesquisa, 37%
dos profissionais comem para aliviar a tensão.

Marketing e Relações Públicas
A carreira de gerente de marketing é considerada a profissão do futuro. Já o relações públicas trabalha para manter o equilíbrio entre a empresa e o público.

Tecnologia da Informação
Essa carreira está entre as que trazem mais felicidade. Essas pessoas passam muito tempo na frente do computador e se esquecem de comer.

Leia Mais:

http://gazetaonline.globo.com/_conteudo/2012/06/noticias/a_gazeta/economia/1276890-quilinhos-a-mais-as-dez-profissoes-que-mais-engordam.html

Anúncios

Deixe uma resposta