Anúncios

7º Congresso ABEP


abep

Entre os dias 04 e 05 de Abril aconteceu 7º Congresso ABEP no Centro de Convenções Rebouças. O maior evento do setor de pesquisa no Brasil.

O Congresso teve como tema “Transformações: o que moverá o mundo na próxima década?”, que busca lidar com a perplexidade, as incertezas e indagações trazidas pela Revolução Digital, que vem aumentando o poder e o protagonismo dos indivíduos no cenário de Consumo e de Opinião Pública.

Este Congresso exibiu reflexões e casos que demonstram de que forma empresas, instituições e pessoas estão aproveitando o poder da transformação para pavimentar o seu caminho para os próximos 15 anos.

Resumo das palestras:

Título: DE MESTRE-CUCA A MASTERCHEF : o que move o consumo do setor de alimentação fora do lar?

Autor: Fernanda Campanini – Millward Brown

Resumo: O artigo pontua a mudança no paradigma e no comportamento do consumidor em relação ao ato de se alimentar fora do lar nos últimos anos – período marcado pela proliferação da tecnologia e dos meios digitais – sendo esses intensificadores do processo de gourmetização. Nesse contexto, apresentaremos como essas transformações nos parâmetros desse novo consumidor e no mercado de alimentação têm sido capitalizadas por Outback, que hoje é a principal referência do segmento de casual dining – apresentando elementos essenciais para a construção de uma marca de sucesso com base em aprendizados validados globalmente.

#

Título: O novo mundo Pós-Gênero: Os códigos emergentes de gênero na comunicação das marcas
Autor: Raquel Siqueira – MC15

Resumo: Com o mundo pós-moderno como contexto de fundo, o trabalho visa discutir como os códigos do feminino e masculino vem sendo reconfigurados, e de que forma essas novas expressões sociais devem interferir no consumo e nas relações com as marcas. A partir da perspectiva de gênero e de sexualidade, buscou-se entender os paradigmas emergentes que vem provocando uma ressignificação dos papéis sociais dos indivíduos, além de seus nichos, buscando uma conexão com a verdade íntima desse novo consumidor.

#

Título: PCs vs Smartphone: Estudo sobre diferenças entre respostas na coleta de dados em painéis online
Autor: Cassiano Albuquerque – Netquest

Resumo: É inegável a importância e a dependência dos smartphones (SM) nos dias de hoje. Este fato impulsiona e motiva cada vez mais empresas a quererem usá-los como mecanismo de coleta de dados em seus estudos. Assim sendo, dúvidas e estudos comparativos começam a “borbulhar” em nossa categoria. Este estudo é importante porque os SM diferem dos PCs tradicionais em diferentes níveis. Neste estudo centraremos na comparação entre SM e PCs porque as diferenças esperadas entre estes dois dispositivos serão maiores e pela importância do mesmo no cotidiano dos brasileiros. Diferenças entre PCs e SM podem influenciar as respostas da pesquisa, bem como a qualidade dos dados, conforme observado por Lambert e Miller (2015, p.167).

#

Título: Cá Entre Nós
Autor: Marcia Tibau – Canal GNT/Globosat

Resumo: Em 2014 começamos a estudar o segundo mundo das mulheres, o espaço não-físico onde cada uma guarda seus segredos. Mostramos que eles refletem medos, anseios, sonhos, vergonhas e que são essenciais para defini-las. A partir dessa descoberta, percebemos que para avançar no processo de desenvolvimento do papel da mulher na sociedade é preciso repensar também seus papeis dentro da relação entre elas e eles: as próximas mudanças da mulher estão nascendo de mudanças dentro das relações dos casais. Olhamos para o futuro e mudamos nossa maneira de olhar e pensar a mulher com quem falamos.

#

Título: Tradicional versus Moderno: Um estudo comparativo sobre as técnicas metodológicas de porta-a-porta e URA nas pesquisas de opinião
Autor: Mauricio José Serpa Barros de Moura – Ideia Inteligência

Resumo: A utilização de novas tecnologias para coletar dados de maneira eficiente e estatisticamente relevante é um desafio constante do setor de pesquisa de mercado. O presente artigo contribui com esse debate a partir de um estudo de caso comparativo entre duas técnicas metodológicas de coleta de dados diferentes: o tradicional porta-a-porta e a URA. A hipótese é de que a utilização de novos métodos de pesquisa permitirá alcançar resultados convergentes, porém, com uma fração do custo e tempo.

#

Título: Análise semiótica da produção cultural como forma de compreensão dos targets contemporâneos
Autor: Marcia Akinaga – IBOPE Inteligência

Resumo: Os targets se revelam cada vez mais fluidos, imprecisos e imprevisíveis – em constante transformação –, não respondendo mais a qualquer padrão rígido, sendo preciso buscar novas formas de defini-los e entendê-los. Apresenta-se então uma proposta de nova metodologia para a compreensão dos targets, abordando questões de comunicação, estratégia de marca, tendências etc. Discutimos a figura do próprio consumidor como chave de acesso às respostas necessárias ao marketing, mas não lhe fazendo perguntas e, sim, interpretando o universo da produção cultural que o envolve. Como resultado, apresentamos uma nova forma de se estudar os targets, baseada na teoria semiótica e na antropologia do consumo, oferecendo às empresas novas possibilidades de criar estratégias inovadoras e certeiras.

#

Título: A jornada do consumo televisivo em diferentes plataformas na era do conteúdo líquido
Autor: Juliana Sawaia – IBOPE Media

Resumo: Nesta era em que os conteúdos estão cada vez mais líquidos, a evolução da medição de audiência de TV é essencial para oferecer uma visão abrangente da jornada de consumo televisivo nos seus variados formatos, devices e plataformas. O estudo se propõe a contribuir para um entendimento deste ecossistema, sob a perspectiva do telespectador, bem como ilustrar de que forma as técnicas de medição têm se transformado para acompanhar o novo ambiente midiático.

#

Título: Escolhas e Dinheiro – Um estudo sobre comportamento e decisões financeiras
Autor: Thais Burin – Itaú Unibanco

Resumo: Este projeto, conduzido em parceria entre Itaú e Studio Ideias, teve como ambição investigar a relação do brasileiro com o dinheiro. Comportamentos difíceis de serem entendidos pelas lentes da razão passaram por uma análise que nos levou a valores simbólicos imbricados no mindset do consumidor. Em 2015, o Itaú conseguiu mudar de patamar no tema da Educação Financeira por meio da atuação em 3 pilares: viabilizar a conquista real, empoderar para melhores decisões e impulsionar o tema na sociedade.

#

Título: Já sou adulto, mas adoro games online. Sabe por quê?
Autor: Giuliana Isabella – Pesquisadora

Resumo: Os games online, especialmente para dispositivos móveis, vêm se difundindo e desenvolvendo novas tendências de consumo. Além de servirem para entretenimento, servem de espaço para divulgação de marcas e também podem ser uma forma de socialização entre os jogadores. O objetivo deste trabalho é identificar os fatores que fazem com que as pessoas se engajem com games online e testar possíveis fatores de engajamento no comportamento do consumidor. A partir de uma survey com consumidores do game Candy Crush levantaram-se indícios de fatores que podem influenciar o consumidor, em seguida uma segunda survey foi aplicada com o objetivo de se testar um modelo de comportamento dos jogadores de games online. Os resultados deste estudo visam promover o entendimento do comportamento dos jogadores de free-to-play games, consequentemente auxiliar as empresas de games e anunciantes a desenvolverem novos produtos que melhor atendam à sociedade contemporânea.

#

Título: Não vivo sem ele – Quando o celular deixou de supérfluo
Autor: Erick da Silva Vasconcelos – IpsosConnect GMU

Resumo: Os últimos 10 anos presenciaram uma revolução tecnológica, fazendo com que a maneira de se informar e se comunicar também sofressem grande transformação. Antes, fontes de informação e formas de comunicação eram coisas diferentes, hoje existe o celular com acesso à internet. Antigamente a população se informava a partir dos canais tradicionais (rádio, tevê, jornal e revista) e era necessário um computador e uma conexão de banda larga, acessíveis a uma minoria, para acessar a internet. O celular passou de um item considerado supérfluo para se tornar essencial, por ter se tornado não somente uma ferramenta para facilitar o acesso à informação, mas fundamentalmente por mudar a maneira com que as pessoas se relacionam. Em um período de grande crescimento econômico e aumento da renda disponível, o celular passou a ser um dos itens de necessidade básica do brasileiro, aparecendo ao lado de itens como água e esgoto, despesas de supermercado, energia elétrica e gás de cozinha, com uma das coisas sem as quais o brasileiro não vive sem. Utilizando uma técnica de Big Data conhecida como Basket Analysis, o presente trabalho acompanha o crescimento da importância do celular nos últimos anos. Buscar entender como um bem antes considerado supérfluo fez esta trajetória é acompanhar ao vivo a transformação da cesta de bens, não só do brasileiro, mas do consumidor moderno.

#

Título: A eleição para deputados em 2014 – Uma nova Câmara, um novo país
Autor: Maurício Tadeu Garcia – IBOPE Inteligência

Resumo: Em 2014 elegemos representantes de 28 partidos diferentes para a Câmara dos Deputados. Nunca tivemos na Câmara uma composição tão heterogênea partidariamente. Por outro lado, há consenso de que eles nunca foram tão conservadores em aspectos políticos e sociais, nesse outro aspecto, são muito homogêneos. Quem elegeu esses deputados? O objetivo é buscar um dado inédito: o perfil dos eleitores de cada grupo de deputados nos estados, buscando diferenças e similaridades sócio demográficas entre eles.

#

Título: A longevidade da vida em rede: mercado e consumo das pessoas acima de 60 anos na Internet
Autor: Diego Oliveira – Ipsos Connect

Resumo: Este trabalho iniciado em 2013, na pesquisa de mestrado em Comunicação de um dos autores (Pressões e Resistências: O que atrai e empurra o idoso da e na internet), revela, de forma inédita, o retrato do consumo e o comportamento na internet de um grupo etário de expressiva importância para o mercado de bens e serviços no Brasil: os maiores de 60 anos. Para o 7º Congresso Brasileiro de Pesquisa da ABEP, além da construção identitária do consumidor brasileiro de terceira idade na internet, ampliamos o foco da pesquisa, principalmente pelo acesso ao banco de dados do Facebook e do EGM Multimídia (Estudo Geral de Meios) – Ipsos Connect. A parceria nos permitiu analisar comportamentos na internet, que vão desde o tipo de device e acesso, passando pelo volume de conteúdo, os tópicos e as temáticas que as pessoas acima de 60 anos mais se engajam – tudo segmentado por idade e gênero.

#

Título: A Voz das Crianças
Autor: Naira Maneo – HSR – Officina Sophia

Resumo: Vivemos uma grande transformação trazida pelas interações tecnológicas e pelo excesso de informação, onde todos os processos e relações são acelerados e alterados numa velocidade vertiginosa. Passamos a ter novas necessidades e anseios e a ver a realidade de forma diferenciada. Dentro deste contexto, como as crianças estão interagindo? Ouvimos 1500 crianças de 7 a 12 anos, para conhecermos na ótica delas, – e não de profissionais ou pais-, seu relacionamento com a escola, o dinheiro, sustentabilidade, politica, tecnologia.

#

Título: “Não perca o bonde do mundo digital!” As marcas estão preparadas para o mundo sem regras e em constante mutação?
Autor: Fernanda Bassanello – Millward Brown do Brasil

Resumo: O artigo analisa as mudanças tecnologicas que temos enfrentado na última década e como isso impacta diretamente no indíviduo nas só em seus momentos de lazer, mas também quando este assume seu papel de consumidor e shopper. A análise detalha o universo online e a relação do consumidor com este, e como as marcas podem se aproveitar disso para impactar cada vez mais consumidores e participar de momentos estratégicos antes da chegada ao ponto de venda. Como exemplo, o artigo analisa a indústria automotiva e a jornada de compra do consumidor e prevê algumas oportunidades para o futuro.

#

Título: Da bonança a borrasca – 10 anos que encantaram e desiludiram o consumidor brasileiro
Autor: Thiago Graça Ramos – Ipsos Connect GMU

Resumo: Os últimos 10 anos foram um período de grandes transformações politicas e econômicas, que trouxeram mudanças significativas que impactaram diretamente no dia a dia da população brasileira. Analisar esse período é imprescindível para entender o hoje e tomar as melhores decisões amanhã. A partir de dados históricos que compõem o índice de confiança do consumidor (pesquisa realizada pela Ipsos e divulgada pela Associação Comercial de São Paulo), será feira uma análise de como a população brasileira viu o rumo da economia nos últimos 10 anos, período compreendido entre 2005 e 2015; essa análise será feita a partir de uma segmentação de dados e os resultados comparados a outros indicadores econômicos e mudanças políticas. O estudo auxiliará no entendimento de como uma população, que em 2006 enxergava o Brasil como sendo o país do futuro vê, hoje, um país sem futuro.

#

Título: A inovação que cai do céu: Um estudo sobre o impacto socioeconômico das cisternas que armazenam água da chuva no semiárido brasileiro
Autor: Apoena Ramos Carvalho – Vox Populi

Resumo: Diante de um ambiente de transformações que marcam o século XXI, o Brasil enfrenta um desafio paradoxal, situando-se entre a velocidade das mudanças, versus os entraves socioeconômicos que desaceleram seu desenvolvimento. Nesse contexto, este trabalho apresenta a realidade da população do semiárido que não tem acesso à água potável: um estudo realizado pela Vox Populi sobre os impactos da utilização de cisternas (que armazenam água da chuva) distribuídas pelo programa federal Água para Todos.

#

Título: A evolução da linguagem nas mídias digitais Facebook e Instagram
Autor: Isabela de Lima Aggiunti – Facebook

Resumo: A disseminação da tecnologia influencia diretamente na forma das pessoas se comunicarem. Marcas também vão se adequando a esse novo contexto. Um anúncio publicitário consumido em diferentes formatos e dispositivos pode impactar pessoas de formas diferentes, mas como garantir uma comunicação eficiente? Este trabalho discorrerá, baseado em diferentes estudos, sobre conceitos importantes que podem ajudar marcas a terem uma presença mais eficiente em anúncios nas plataformas Facebook e Instagram.

#

Título: Glocal Segmentation
Autor: Luiz Sá Lucas – MC15 Consultores

Resumo: A globalização da Economia levou os profissionais de Marketing ao conceito de “think global, act local”. Este trabalho se insere nesse contexto. Qualquer segmentação, por exemplo, da América Latina, deverá, de alguma forma, consolidar as características individuais de cada País considerado. Não basta segmentar o todo, é necessária uma segmentação que seja coerente tanto no todo, no agregado, como em cada País individualmente. Apresentamos assim um método baseado em Algoritmos Genéticos que atende a essa necessidade.

#

Título: A transformação de processos e atitudes em busca da humanização das centrais de relacionamento com o cliente
Autor: Patricia Reis Rostock – GfK Consumer Experience

Resumo: A humanização transforma os resultados dentro de um processo e atua positivamente na vontade de se relacionar com a marca. O trabalho integrado entre Hyundai, Mondial Assistance e GfK no SAC Hyundai, enfatizou comportamentos que expressam e constroem esta humanização dentro de uma área predominantemente processual, focada em métricas e protocolos. Os resultados são o aumento significativo em indicadores operacionais e um atendimento muito mais agradável, que eleva a satisfação do cliente ao se relacionar com a marca.

Texto Original de Octávio Neto

http://portalradar.com.br/7o-congresso-abep/

https://www.linkedin.com/pulse/7%C2%BA-congresso-abep-leandro-r-b-braz

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: