ONU Mulheres promove pesquisa com homens brasileiros pela igualdade de gênero


Uma em cada três mulheres sofre violência de algum homem ao longo da vida. Entre as 500 maiores empresas do mundo, menos de 5% possuem CEOs mulheres. Dados como estes levaram a ONU Mulheres e o portal PapodeHomem, com viabilização do Grupo Boticário, a realizar pesquisa nacional para entender como os homens podem participar do diálogo pela igualdade de gênero.

Realizada em dois módulos, a pesquisa começou com uma etapa qualitativa, que já passou por Recife, Rio de Janeiro e São Paulo, em busca de histórias inspiradoras – e também aprofundando o tema com especialistas e pessoas comuns. A segunda etapa, lançada agora, é quantitativa, de âmbito nacional.
O resultado da pesquisa quantitativa e as entrevistas farão parte de um documentário sobre o tema, que será divulgado mundialmente ainda este ano. O trabalho faz parte do movimento global ElesPorElas (HeForShe), lançada pela ONU Mulheres em 2014 por meio de um vídeo de grande popularidade com a atriz Emma Watson. Uma das propostas centrais é investigar como se formam, se sustentam e de que modo é possível enfrentar os estereótipos masculinos nocivos, que perpetuam a desigualdade de gênero.
Nadine Gasman, representante da ONU Mulheres Brasil, faz esse importante chamado: “Convidamos os homens brasileiros a participar dessa pesquisa inédita sobre masculinidade. Precisamos saber o que eles pensam sobre si mesmos, a relação que têm com as mulheres, a maneira como vivem o dia-a-dia e como enxergam a vida e a sociedade. Chegou a hora de os homens pensarem sobre o papel que eles têm na construção da igualdade de gênero, como propõe o movimento ElesPorElas, em que eles devem defender os direitos das mulheres para a fazer a mudança inclusiva que o mundo precisa”.
Guilherme Valadares, fundador e diretor de conteúdo do PapodeHomem, contextualiza que “assim como o machismo é prejudicial às mulheres e aos próprios homens, a igualdade de gênero é benéfica para todos. Envolver os homens nesse movimento, sempre respeitando o protagonismo das mulheres, se faz então necessário. Por isso é uma alegria imensa para nós articular e puxar esse projeto junto à ONU e tantos parceiros incríveis”. Já para Lia Azevedo, vice-presidente de Desenvolvimento Humano e Organizacional do Grupo Boticário, “a empresa se preocupa desde o início da sua história com a igualdade de gênero. Acreditamos que um mundo mais belo não é conquista deles ou delas, e sim de todos nós. É por isso que assinamos os WEPs, princípios de empoderamento feminino da ONU, e incentivamos a nossa rede colaborativa a assinar o ElesPorElas. E por isso nos interessa entender como o homem se percebe no mundo hoje e como trazê-lo para o debate sobre a igualdade. Viabilizar esta pesquisa promovida pela ONU e Papo de Homem ajudará a tornar isso possível”. A realização do estudo é liderada pela Questto | Nó Research, em conjunto com a Zooma e consultoria do sociólogo Gustavo Venturi. A direção do documentário está nas mãos da Monstro Filmes. O projeto como um todo conta com apoio especial da Heads Propaganda.


Veja aqui o trailler do documentário subsidiado pela pesquisa. Movimento ElesporElas

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s