‘A propaganda mexe com a cabeça. O Live Marketing com o corpo inteiro’


Promo, eventos, PDV. O que essas palavras têm em comum? Juntas podem interagir e engajar um consumidor de forma certeira. O live marketing é ferramenta fundamental para uma marca e algumas agências conhecem bem esse poderio.

É o caso da Bullet Group que há quase três décadas no mercado faz do marketing promocional seu modelo de negócio. Conversamos com o Partner e CEO da agência, Fernando Figueiredo, que nos contou sobre o momento da Bullet e sua visão sobre assuntos do mercado.

Qual o atual momento da agência?

O ano de 2015 não foi fácil. Foi um ano que, sim, passamos por ajustes, mas trouxemos profissionais com novas ideias, como Cesar Coutinho, que veio da indústria para assumir a diretoria de trade marketing da agência; Luciana Ruas, que trouxe expertise para agregar em incentivo; Vilson Jr., que também veio da indústria para aprimorar a área de inteligência de mercado; Adriana Montanare, para reforçar o digital; Fernanda Botoni, na área de recrutamento, seleção, treinamento e desenvolvimento; e Gustavo Mota, na central de atendimento promocional. Contratações como essas devem continuar até o final de outubro.

Quanto a clientes, nesse ano inauguramos o atendimento para Raízen, realizando três mega promoções em todos os postos do Brasil e outros três eventos, além de participarmos da estratégia de marca no Brasil. Também começamos a atuar para Camil e J. Macêdo, com promoções e ações de trade, bem como para Philadelphia, também em trade. Emplacamos nossa primeira promoção para a Ford e crescemos em Mondelez, Pepsico e JBS. Entramos na Cielo e na Natura e ainda estamos com um grande trabalho para a plataforma Olímpica da Coca-Cola, com a campanha “Isso é Ouro”.

 

Qual foi o grande case de vocês neste ano?

Foi a ação “Bis da Zoeira”: um case que, mais uma vez, agregou muito valor à marca e incrementou absurdamente as vendas através de uma promoção que envolveu vale brinde, concurso, merchandising na TV e digital. Este fim de ano está bem aquecido e trabalhos impressionantes estão por vir.

 

Quais os impactos da crise nas ações de Live Marketing?

O susto foi o maior impacto. Os três primeiros meses do ano foram difíceis. Muita mais pela insegurança do mercado do que qualquer outra coisa. Mas o ano se recuperou bem. Estamos ajudando muitas marcas a recuperarem o tempo perdido e a entregarem resultados que não conseguiram fazer no começo do ano.

 

O Brasil está recendo grandes eventos internacionais. Como a Bullet aproveitando essa momento?

LollaPalooza, Rock in Rio, Tomorrowland e Olimpíadas são grandes momentos nos quais o consumidor e as marcas podem interagir. A Bullet ajuda marcas como Pepsico, Mondelez e Coca-Cola, entre outras, a atraírem a atenção do consumidor num momento importante, porém lotado de ativações. Nosso papel é fazer as marcas se destacarem e conquistarem o público. Viver a marca é fundamental para conquistar consumidores e fidelizá-los. A gente ainda agrega inserindo engajamento. Não basta apenas conquistá-los. Temos que fazer os consumidores saírem do evento e comprar o produto.

Partner e CEO da Bullet, Fernando Figueiredo

Como o digital ajuda na interação do Live Marketing?

Digital é fundamental em Live Marketing. É por isso que estamos investindo tanto nessa área. É através do meio digital que o consumidor é atraído, interage e engaja. Tudo no mesmo ambiente. Nosso papel é transformar likes em share e share em sell. Só ficar no like, como muitas marcas ainda fazem, não ajuda em nada a performance e a construção de marca.

 

Quais ferramentas de Live Marketing são mais usadas e eficientes nas ações da Bullet?

Promoção é algo que está na nossa essência e, no nosso ponto de vista, é a ferramenta mais completa. Através de promoções e muitas tecnologias conquistamos, espalhamos e ajudamos as marcas a se venderem. Promoção é a catalisadora de diversas ferramentas. Por exemplo, usamos a promoção de Doritos para ativar a marca no Rock in Rio. Então, uma promoção contemplou evento, ativação, digital, tudo ao mesmo tempo.

 

Quais os diferenciais que o Live Marketing agrega na estratégia de uma marca?

Live Marketing está para o engajamento assim como a Propaganda está para o awareness. Enquanto a propaganda mexe com a cabeça do consumidor, o Live Marketing mexe com o corpo inteiro.

Por Luana Scalla

Fonte: AdNews

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s